Pages

2 de jun de 2011

Visceral


Eu tenho andado por aí, sempre menosprezando tudo que vejo. faces pintadas, preenchendo lugares que não alcanço. (Kings of leon- use somebody)

Como de costume, estou com um sorriso estampado no rosto para tentar esconder as tristezas que invadem o meu coração e me machucam.
É ruin sentir-se incompreendido por todos que estão à sua volta, mas o pior de tudo é ter que fingir estar bem quando na verdade estou gritando por dentro.
É difícil quando todos te vêem como um ser inabalável, como se em nenhum momento você tivesse o direito de expressar sua raiva e seu medo. Mas na verdade tudo que eu quero é voltar ao ponto de partida e esquecer todos esses últimos acontecimentos.

1 comentários:

A Bailarina disse...

"Os olhos mentem dia e noite a dor da gente." ( O teatro mágico)

Pois é. Sempre tem dessas. A raiva que aparece, a tristeza que grita e o sorriso que cala, que esconde, que tira o mundo da responsabilidade de fazer o sorriso forçado ser real. Os que não compreendem que às vezes os dias são de lágrimas, sempre esbarrarão num momento difícil pra poder entender que tem dias que a gente não está mesmo pra sorriso. E você tem o direito de estar assim.

P.s: Obrigada pelo comentário no meu blog. De verdade. Fiquei muito feliz quando vi. Agradeço a preferência.

Beijos.

Postar um comentário